20/05/2008

Amazônia em pauta


[...]"A proposta do Greenpeace, batizada de Florestas pelo Clima, tem o potencial de arrecadar recursos que podem chegar a 14 bilhões de euros por ano destinados a reduzir rápida e drasticamente as emissões provenientes de desmatamento. As nações industrializadas – que historicamente têm sido os maiores poluidores do clima – serão chamadas a contribuir para um novo fundo global cujos recursos serão destinados a aumentar a governança em países e regiões em desenvolvimento com grandes áreas de floresta, como Brasil, Indonésia e África. Por sua vez, os países que decidirem participar desse mecanismo terão de apresentar reduções progressivas e permanentes da perda de cobertura florestal."
[...]"A iniciativa ajudará a viabilizar a proposta, apresentada ao governo brasileiro em outubro de 2007 pelo Greenpeace e outras oito ONGs, de um pacto nacional para zerar o desmatamento da Amazônia até 2015. A incorporação da proposta do Desmatamento Zero às políticas públicas brasileiras foi sugerida na segunda-feira pelo novo ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, durante reunião em que o presidente Lula o confirmou no cargo. O desmatamento das florestas tropicais é responsável por aproximadamente 20% das emissões de gases do efeito estufa na atmosfera – mais do que as emissões de todos os aviões, trens e carros do mundo inteiro. O Brasil é o quarto maior emissor mundial de gases estufa."[...]

Trechos retirados do original veiculado em:
http://www.greenpeace.org/brasil/amazonia/noticias/zerar-o-desmatamento-uma-tare
Foto: Rodrigo Baleia





INFORME: Independente, o Comunica Tudo é mantido por uma única pessoa, com colaborações eventuais. Apoie este projeto: clique nas publicidades ou contribua.


0 comentários:

DEIXE SEU COMENTÁRIO. SUA VOZ É IMPORTANTE.