28/05/2008

Nanoconteúdo?????????



Dentre tantos modismos contemporâneos, o mais intrigante é o nanoconteúdo, ou seja, a diminuição de conteúdos, proposta originalmente por alguém como comunicação com os jovens. Nestes tempos de tecnologia veloz e acelerada comunicação, a palavra de ordem é o tal do nanoconteúdo, principalmente aplicado em publicidade e propaganda. Por qual motivo? Diz-se que os jovens estão cada vez mais rápidos atualmente, realizando até mesmo diversas tarefas ao mesmo tempo. A brilhante idéia foi propagar esse novo conceito de conteúdo.
Em primeiro lugar, fico a imaginar um conteúdo qualquer sendo resumido, elevado a nona potência, o que significaria resumir o resumo do resumo do resumo do resumo, etc. O resultado final, em minha humilde opinião, seria apenas um nanofragmento de um assunto, e não um nanoconteúdo. Mas quem sou eu para contestar esta vanguarda?
Em segundo lugar, penso: exatamente pelo fato de, hoje em dia, os jovens serem capazes de realizar diversas tarefas ao mesmo tempo e ter maior capacidade de assimilação, é que deveríamos estimular o gigaconteúdo, ou o megaconteúdo. Quem sabe o kiloconteúdo, ou pelo menos o velho conteúdo já estaria ótimo.
O mercado é mesmo sábio: inventam conceitos e fazem-nos engolir como a máxima verdade contemporânea. Tudo para vender mais e mais. O que importa, no fundo, é que o nano conteúdo estimule o gigaconsumo. Quanto maior a velocidade, menor o pensamento e o bom senso.







INFORME: Independente, o Comunica Tudo é mantido por uma única pessoa, com colaborações eventuais. Apoie este projeto: clique nas publicidades ou contribua.



0 comentários:

DEIXE SEU COMENTÁRIO. SUA VOZ É IMPORTANTE.