07/05/2008

Ser ou não ser um jornal impresso...

São muitos debates sobre o futuro dos jornais impressos. Aliás, o próprio momento atual gera críticas e opiniões diversas. Independente de qualquer opinião, uma coisa é certeza: jornais impressos terão de mudar seu jeito de ser, de pautar e como circular também.
Alguns estudiosos de Comunicação arriscam-se a dizer que serão gratuitos, pois o número de jovens leitores não cresce mais, e ficará difícil competir com as tecnologias 3G de celulares, TV Digital e internet. Além disso, terão de se aprofundar mais em cada assunto, com opiniões diversas e reportagens mais completas.
A cada dia que passa, fica mais difícil um jornal impresso conseguir um furo de notícia; a maioria das manchetes que vejo nos jornais já são "velhas", mostradas e comentadas na TV e internet no dia anterior. Porém, temos que pensar que os leitores são praticamente os mesmos de muitos anos atrás, e ainda mantém os velhos hábitos e gostos. Mas certamente, este modelo atual sobreviverá até quando?

Um comentário:

  1. Apenas para lembrar: na última década, o consumo de jornais impressos caiu pela metade...

    ResponderExcluir

DEIXE SEU COMENTÁRIO. SUA VOZ É IMPORTANTE.