16/05/2008

Tudo Continua Sempre



Três bailarinos criam metáforas entre o passado e o presente. Experimentam da solidão para tentar entender o que temos feito com nossas emoções.

Contemplado pelo Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2007, com o patrocínio da Petrobras, eis que falo de "Tudo Continua Sempre". Espetáculo de dança livremente inspirada na vida e obra do artista plástico Farnese de Andrade.

Farnese, contemporâneo por excelência e barroco em essência, nasceu em 1926, na cidade mineira de Araguari. Em 1950, aos 22 anos, Farnese muda-se para o Rio de Janeiro e vê o mar pela primeira vez. Apesar de toda a força de sua obra - e de ser um artista concorrido e premiado até os anos 70 - é pouco lembrado ou conhecido pelo grande público nas últimas décadas. “Gênio esquecido”, como a ele se referiu a imprensa em 2002 quando do lançamento do livro Farnese de Andrade.



Curta Temporada (sempre as 20:00h):

16 a 25/maio - teatro cacilda becker (Rua do Catete, 338 - estação metrô Lgo do Machado)

30, 31/maio e 01/junho - centro coreográfico da cidade do rio de janeiro (Rua José Higino, 115 - Tijuca)

Ingressos: r$16 (inteira) r$8 (meia)

Agradecimentos: Tiago Salomé (produção), pela gentileza ao ceder as informações e fotos.

Fotos: Marcos Nauer







INFORME: Independente, o Comunica Tudo é mantido por uma única pessoa, com colaborações eventuais. Apoie este projeto: clique nas publicidades ou contribua.



Um comentário:

DEIXE SEU COMENTÁRIO. SUA VOZ É IMPORTANTE.