04/09/2008

O ministro, a Veja e a degradação institucional


Qual terá sido o objetivo da reportagem de capa da revista Veja em sua edição de 3/9/2008? "Denunciar" que a Abin teria feito grampos ilegais nos telefones do ministro Gilmar Mendes e outras autoridades e, com isso, alertar à sociedade sobre a existência de um Estado Policial que ameaça as instituições democráticas? Ou, como alertou conhecido blog "paralisar as investigações da agência sobre conspirações deflagradas contra o Estado de Direito, inclusive aquelas perpetradas nas páginas da Veja, sobretudo durante a campanha eleitoral de 2006, mas também com evidências no caso do `dossiê anti-FHC´ para derrubar a ministra Dilma?".
Há linhas que valem mais do que mil editoriais. São as que revelam os objetivos de um texto e o descompromisso com a informação divulgada. Não comportam normas prescritas em códigos de ética, seguem tão-somente a lógica da promoção de eventos. Algo do tipo "domingo é dia de botar fogo no circo, criar uma crise artificial e colher os frutos ao longo da semana". Lógico, para tal empreitada contam com o apoio logístico de outros meios de comunicação, além da acolhida eufórica de alguns jornalistas-blogueiros. É o caso da matéria assinada pelos jornalistas Policarpo Junior e Expedito Júnior, "A Abin gravou o ministro".
Além de editorializarem as supostas denúncias, fazem afirmações sem um pingo de comprovação, baseadas em "fontes" não identificadas, e inventam fatos deslavadamente, como nesse trecho: "Desconfiado [o ministro Gilmar Mendes], solicitou à segurança do tribunal que providenciasse uma varredura. Os técnicos constataram a presença de sinais característicos de escutas ambientais, provavelmente de aparelhos instalados do lado de fora da corte." Mentira. A varredura feita pela segurança do STF não encontrou qualquer vestígio de escuta clandestina.
LEIA TEXTO NA ÍNTEGRA NO ENDEREÇO ABAIXO:
http://www.observatoriodaimprensa.com.br/artigos.asp?cod=501JDB004

Por Gilson Caroni Filho em 2/9/2008
Reproduzido da Agência Carta Maior, 1/9/2008; título original "Mendes, Veja e a degradação institucional"

VOCÊ é muito importante para nós. Queremos ouvir SUA VOZ. Deixe seu comentário abaixo, após 'Related Posts'. Apoie este projeto: clique nas publicidades ou contribua.


0 comentários:

DEIXE SEU COMENTÁRIO. SUA VOZ É IMPORTANTE.