09/12/2008

Pedaço de filme











O filho pergunta ao pai:

- Mas pai, onde estão os homens revolucionários? Não os ouço, nem os vejo nunca.

Amoroso, olha para baixo e diz:

- Filho, estes homens não se fazem ouvir pelos gritos, pois preferem escrever. Não se fazem ver pelas ruas, pois precisam ler. Pode-se dizer que são invisíveis como o ar, fortes como o vento e devastadores como um tufão. Nisto reside toda e qualquer revolução!

0 comentários:

DEIXE SEU COMENTÁRIO. SUA VOZ É IMPORTANTE.