15/01/2009

Gaza-Tupiniquim


*O Brasil ocupa o sexto lugar de 83 países analisados em taxas de homicídio, e sobe para a quinta posição quando se trata de homicídios entre jovens.(1)

*A probabilidade de um jovem da América Latina morrer vítima de homicídio é trinta vezes maior que a de um jovem da Europa e acima de setenta vezes maior que a de jovens de países como a Grécia ou a Hungria, ou a Inglaterra, ou a Áustria, ou o Japão, ou a Irlanda.(2)

*De 20 de dezembro de 2008 até o dia 04 de janeiro, 435 pessoas morreram ao longo dos 61 mil quilômetros de rodovias federais em todo o país.(2)

*No mesmo período, o conflito no Oriente Médio tinha matado 500 palestinos. Se somarmos os homicídios mais os acidentes de trânsito, no período entre o final de 2008 e a primeira semana de 2009, teremos algo semelhante a três vezes o número de vítimas fatais em relação a Gaza.(2)

*Na avaliação da ONU, apenas 10% dos homicídios em São Paulo e no Rio são levados ao tribunal. Em Pernambuco, essa taxa é de apenas 3%. Dos casos levados a julgamento em São Paulo, apenas metade acabam em condenação.(2)

*No estado do Rio de Janeiro, a polícia matou mais de 1,3 mil pessoas no ano de 2007, número que representa 18% de todos os assassinatos ocorridos no estado. Todos estes óbitos são descritos pelos dados da segurança pública como "resistência seguida de morte".(2)

*Qual motivo faz a mídia brasileira dar manchetes para a Faixa de Gaza e esquecer a situação de seu país, já que os dados mostram que se morre mais no Brasil?

*Alguns destes dados foram noticiados em novembro de 2008, outros são mais recentes. Na linha do tempo, onde está o debate?

*Contribuímos com a paz no Brasil apenas noticiando informações sobre a Guerra em Gaza?

*Será que sabemos a diferença entre: dados, informação, notícia, debate, ação?

P.S.: enquanto isso, os jornais noticiam que o governador do Rio de Janeiro "Sérgio Cabral dança funk na favela de Vigário Geral".

(1)Fonte: Instituto Sangari, Rede de Informação Tecnológica Latino-Americana (Ritla) e Ministério da Justiça.

(2) Trechos retirados do texto publicado no Observatório da Imprensa, escrito por Robson Sávio Reis Souza com título "A Faixa de Gaza é aqui".

VOCÊ é muito importante para nós. Queremos ouvir SUA VOZ. Deixe seu comentário abaixo, após 'Related Posts'. Apoie este projeto: clique nas publicidades ou contribua.


Um comentário:

  1. Patético foi assistir ontem no JN da Globo uma reportagem sobre um falido norte-americano que tentou simular sua morte para fugir das dívidas.
    Quando terminou a reportagem eu e minha esposa olhamos um para a cara do outro e perguntamos: o que eu tenho com isso?

    ResponderExcluir

DEIXE SEU COMENTÁRIO. SUA VOZ É IMPORTANTE.