25/05/2009

O jornal "SBT Rio" de hoje acaba de exibir uma reportagem na qual um posto de Botafogo, patrocinado por uma ONG, resolveu vender gasolina com 50% de desconto, ou seja, pelo preço de R$ 1,27. A ação faz parte de um movimento contra os altos impostos cobrados no Brasil, não só na gasolina, mas em todos os produtos. Fiquei surpreso com uma das entrevistadas na reportagem, que disse desconhecer que em todos os outros produtos vendidos no país, como leite, café, frango, cigarro e assim por diante, também são cobrados impostos. Na hipotética "era da informação", como pode uma senhora de clase média, alta ou baixa, desconhecer tal fato?
P.S.: antes que algum anônimo pergunte, o jornal do SBT Rio não informou o nome da ONG, mas o posto é o Repsol, em frente ao Canecão, e as Organizações que compraram a gasolina e patrocinaram este movimento foram Instituto do Millenium e OrdemLivre.org. Movimentos semelhantes vão ocorrer em São Paulo, Porto Alegre e Belo Horizonte, segundo a rádio Tupi do Rio de Janeiro.

0 comentários:

DEIXE SEU COMENTÁRIO. SUA VOZ É IMPORTANTE.