09/07/2009

I Conferência Nacional de Comunicação (CONFECOM)

Para profissionais de comunicação e cidadãos em geral, a CONFECOM teria surgido como a possibilidade de organizar o setor comunicacional brasileiro. Exatamente por isto, os "proprietários da comunicação" no Brasil já se movimentam. Basta ler algumas declarações de quem quer organizar e de outros (proprietários) que querem se esquivar apenas.
"Todos os grupos que estão discutindo comunicações estão organizados. O mais desorganizado deve ser as Organizações Globo. A conferência não será um espaço para bater na TV Globo, ainda que seja necessário bater na TV Globo também. Mas há uma série de outros temas que precisam ser discutidos" - ironizou o parlamentar Fernando Ferro (PT-PE).
"A internet é o mundo da liberdade, é onde se coloca a voz dissidente da voz tradicional, é onde se coloca o espaço democrático" - disse o deputado Emiliano José (PT-BA).
"Precisamos discutir os novos desafios à luz dos velhos problemas. Se fosse a quarta ou quinta conferência, poderíamos discutir apenas o futuro e a convergência, mas sendo a primeira, precisamos dar condições para que a população participe e possa expressar sua opinião sobre a comunicação e os temas que são mais afetos a ela" - explicou Jonas Valente, representante do Coletivo Intervozes, uma das entidades de democratização das comunicações participantes dos debates para a conferência.
"Estamos absolutamente convencidos de que o tema central da Confecom tem que começar e terminar pela internet. Queremos que a Confecom seja organizada de forma a garantir resultados efetivos e que possam ser aproveitados, e não apenas um ambiente de contestação, de catarse e protesto. Queremos uma conferência para propor, e não para protestar de maneira negativa" - diz Evandro Guimarães, vice-presidente de relações institucionais das Organizações Globo e representante da Abert (Associação Brasileira de Rádio e Televisão).
ENTENDEU?
Para bom entendedor, meia declaração basta.
Leia mais clicando aqui.

0 comentários:

DEIXE SEU COMENTÁRIO. SUA VOZ É IMPORTANTE.