03/07/2009

"A imprensa matou Michael Jackson".

"Acho que ele foi morto pela imprensa. Ok, a autópsia vai apontar ataque cardíaco ou qualquer outra versão oficial, mas ele vinha morrendo aos poucos há cinco anos, graças à humilhação imposta pelo desserviço de alguns jornalistas. Aqueles que noticiaram como verdadeiras as declarações de pessoas que teriam sido abusadas por Michael Jackson.
Quero saber exatamente, em um texto compreensível, o que Michael Jackson fez. Simplesmente dizer que ele 'abusou' de alguém é pouco evidente. Lamento por Michael Jackson. Com a morte, foi transformado em mártir. O mesmo homem acusado, semanas antes, de perversão. Por isso, não me emocionei nem um pouco com o noticiário lacrimoso sobre sua morte" - Gay Talese, jornalista.

2 comentários:

  1. Michael Jackson é, foi e será um "produto" muito rentável. Não importa a que custo.
    Vale lembrar que se alguém sofreu abuso, esse alguém foi ele.
    Abuso imagético, sentimental e comercial.
    É um grande artista. A mídia é uma grande raposa.
    Lembra daquela foto premida, em que o Urubu estava esperando a morte da criança raquítica?!
    A minha interpretação pra ela é bem oportuna. A criança é Michael. O urubu..e toda e qualquer mídia especulatória.
    Como as pessoas são hipócritas! O maior abusado, explorado e invadido foi aquele menininho dos jackson's five e aquela "moça" magra e sem nariz de ontem.
    Espero um dia não ser criança raquítica com um urubu a espreita.

    ResponderExcluir

DEIXE SEU COMENTÁRIO. SUA VOZ É IMPORTANTE.