19/08/2009

A falsa pesquisa eleitoral do Datafolha.

(Artigo escrito por Rodrigo Vianna e publicado aqui)
A "Folha" é aquele jornal que publicou, na primeira página, uma ficha fajuta da Dilma Roussef, para colar na ministra a pecha de "terrorista". A ficha era falsa; e a pesquisa é verdadeira?
A "Folha", pega no flagra, demorou mais de um mês para "apurar" o pequeno deslize. No fim, publicou uma reportagem inesquecível, em que afirmava, depois de consultar especialistas: "autenticidade não podia ser assegurada, bem como não podia ser descartada" - http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u587549.shtml.
Um primor.

Bem, o mesmo vale para essa última pesquisa DataFolha? Não é possível dizer que a pesquisa seja verdadeira. Mas também não é possível dizer com certeza que seja falsa.
Eduardo Guimarães, do blog Cidadania.com, afirmou com todas as letras (antes do último DataFolha ser publicado no domingo) que uma pesquisa com dados falsos estaria sendo preparada, para ajudar Serra - http://edu.guim.blog.uol.com.br/.
Domingo, quando saiu o DataFolha, Eduardo insistiu: trata-se de uma fraude, e estampou em seu blog o título "Datafraude". A informação do Eduardo não podia ser confirmada, mas também não podia ser descartada.
Tudo ficou ainda mais estranho agora.
Três dias depois do DataFolha, o Vox Populi trouxe números bem diferentes daqueles apresentados pelo jornal da ditabranda.
Comparem o cenário principal, segundo os dois institutos:
===
DATAFOLHA
1) Serra 37% 2) Dilma 16% 3) Ciro 15% 4) Heloisa Helena 12%
VOX POPULI
1) Serra 30% 2) Dilma 21% 3) Ciro 17% 4) Heloisa Helena 12%
===
Há algo de podre aqui!
Alguém está operando no limite da irresponsabilidade? Ou no limite da margem de erro? Estou apenas testando hipóteses.
Os números do DataFolha não podem ser confirmados, mas também não podem ser descartados.
Qual a pesquisa verdadeira?
Verdadeira, notamos todos, é a torcida dos Frias em favor de Serra - que já foi editorialista na alameda Barão de Limeira e, segundo uma fonte minha, ligava constantemente para o jornal nas campanhas de 2002 e 2006, para obter em primeira mão números de pesquisa e manchetes que seriam publicadas no dia seguinte.
Na manchete on line do último domingo, o jornal da ditabranda comemou: "Serra lidera; Dilma e Ciro empatam em segundo" - http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u610260.shtml.
O Eduardo Guimarães preferiu cravar: "Datafraude"!
E agora? A essa altura você acreditaria mais no DataFrias ou no Eduardo Guimarães?
Vox Populi, vox Dei.
DataFolha = DataSerra? Esse é um fato que não pode ser comprovado. Mas também não pode ser descartado.

Última observação: a pesquisa Vox Populi foi a campo antes do DataFolha. Demorou para ser divulgada... Foi proposital? O Vox Populi teria guardado os resultados, para apresentá-los depois da "Folha", e assim desfazer uma suposta manobra numérica do jornal ditabrandista?
A hipótese não pode ser confirmada, mas também não deve ser descartada.


0 comentários:

DEIXE SEU COMENTÁRIO. SUA VOZ É IMPORTANTE.