20/08/2009

Outro jornal censurado

O juiz Nemias Nunes Carvalho, da 2ª Vara Civil de São Luís, mandou o Jornal Pequeno, do Maranhão, tirar de seu site uma reportagem sobre supostos pagamentos a netas do senador José Sarney feitos por um esquema de lavagem de dinheiro.
As informações são do jornal Folha de S. Paulo, três semanas depois de a família Sarney ter entrado na Justiça para impedir a publicação de uma reportagem no Estadão sobre uma investigação da Polícia Federal contra eles.
O Estadão é um dos maiores e mais lidos jornais brasileiros e continua sob limitação judicial. Fernando Sarney é filho do presidente do Senado Brasileiro, José Sarney, e é investigado em uma operação da Polícia Federal que corre sob segredo de Justiça.
A proibição foi determinada pelo desembargador Dácio Vieira, do Tribunal de Justiça no Distrito Federal, no dia 31. Fernando foi indiciado por formação de quadrilha, gestão de instituição financeira irregular, lavagem de dinheiro e falsidade ideológica. Ele nega as acusações.

(Publicado por Paulo Rebêlo originalmente aqui)

0 comentários:

DEIXE SEU COMENTÁRIO. SUA VOZ É IMPORTANTE.