08/07/2010

Presidente da Guatemala descarta possibilidade de golpe

O presidente da Guatemala, Álvaro Colom, descartou nesta sexta-feira (2/07) a possibilidade de um golpe de Estado, mas afirmou que o magnata Dionisio Gutiérrez, vários ex-militares e politicos querem atentar contra a institucionalidade do país.

Em entrevista à Agência Efe, Colom assegura que o Exército "é fiel a ele" e que não atenderá aos que "batam a sua porta". E lembra que Gutiérrez, empresário com interesses em mais de dez países e apresentador de TV, abriu "uma declarada guerra" ao Governo com as recentes críticas.
.
Em nota, o Governo Colom advertiu nesta sexta-feira (2/07) sobre a existência de planos de "grupos interessados" em atentar "contra a institucionalidade do Estado, a segurança da população e a governabilidade do país".
.
O comunicado diz que a origem desses planos se encontra "no tema eleitoral" e que os supostos desestabilizadores "estão antecipando" para evitar que o partido no poder, a UNE (Unidade Nacional da Esperança), "continue com os programas sociais" em caso de reeleição. 

(Agência Efe)

0 comentários:

DEIXE SEU COMENTÁRIO. SUA VOZ É IMPORTANTE.