16/09/2010

#serradeupiti vira o triste sucesso de um político

Serra defende a liberdade de imprensa. Insinuou que o governo Lula queria calar a imprensa e ainda acusou o mesmo de financiar blogs sujos. Desde o começo do período eleitoral, fez outras dezenas de acusações. Chegou a maltratar alguns jornalistas, dizer que não entendia o sotaque mineiro, usou a imagem de Lula, colocou o ex-metalúrgico em seu jingle. 

Contando com o apoio da mídia do Instituto Millenium, na prática, nos discursos, no cotidiano, mostra um despreparo sem igual. Prova disso é o #serradeupiti configurar entre os assuntos mais falados do Twitter, e não é pra menos: o episódio foi ridículo. Mal acostumado a falar com jornalistas que concordam com o candidato, que lhe dão apoio e promovem um espetáculo de cartas marcadas, ao se defrontar com uma pergunta realmente jornalística, o que aconteceu? #serradeupiti
.
Portando-se como vítima e ainda mal acostumado, Serra pediu para apagar a TV, ou seja, o registro de sua passagem pelo programa. Certamente armaria um discurso contra Marcia Peltier e provavelmente diria alguma outra acusação, factóide. A jornalista bem preparada, gravou o áudio do episódio e salvaguardou sua reputação. Enfim, ouça o triste episódio de um cidadão que quer responder por 190 milhões de brasileiros como presidente, mas é incapaz de responder uma entrevista séria.
Veja o vídeo do momento antes do piti:

Ouça o áudio do piti  AQUI.

6 comentários:

  1. Para mim ele já estava mais acessível a imprensa, pois estava mais comunicativo e tal. Não estava ciente deste episódio.
    Verei o vídeo assim que der, para tentar entender melhor.

    ResponderExcluir
  2. Isso tudo é muito triste para nossa política e nossa mídia. Não é a primeira vez que Serra maltrata um jornalista.
    Serra está mais acessível na Globo, Folha de São Paulo e Veja porque essas mídias apoiam sua candidatura, o que é até normal. O ANORMAL dessa história é que invetam notícias (factóides) para ganhar a eleição manchando a reputação das pessoas adversárias. Isso é triste e nada democrático. O simples fato de não saber se portar num entrevista mostra seu despreparo.

    ResponderExcluir
  3. entrevista ridícula, como o Serra falou só fica perguntando coisas que ela já sabe a resposta... lamentável!

    ResponderExcluir
  4. Caro Sr. Anônimo:
    É provável que a jornalista saiba, ou não, das prováveis respostas do candidato. Mas o GRANDE fato é que as entrevistas televisivas não são feitas para Marcia Peltier, e sim para o público que, não sendo jornalista, quer ouvir o que o candidato tem a falar sobre o assunto. Por isso se escolhe fazer uma entrevista. Simples, não é mesmo?

    ResponderExcluir
  5. Por isso é que aqui da Bahia pra cima (Nordeste) ele não tem nenhuma moral ou boa fé.
    Nós nordestinos não gostamos dele e sua corja de maus caráter, só critica e não sabe se mostrar e exibir como um candidato a altura a presidência do Brasil.
    Abraço

    ResponderExcluir

DEIXE SEU COMENTÁRIO. SUA VOZ É IMPORTANTE.