21/09/2010

Soninha denuncia mensagens subliminares no programa da Dilma

Soninha disse que paralisação no metrô de São Paulo foi causada por boné do MST
PALÁCIO DOS BANDEIRANTES - Após insinuar que Elvis Presley está vivo e é candidato a deputado pelo Amapá, a apresentadora Soninha Francine reuniu a imprensa para revelar as ameaças que vem recebendo. A voz-sorriso da MTV afirmou que atendeu diversas ligações anônimas de um sujeito rouco, com língua presa, que ameaçava violar suas declarações do Imposto de Renda.
Segundo ela, as ameças começaram quando ela denunciou ao TSE mensagens subliminares no programa eleitoral de Dilma Rousseff na televisão: "Está lá”, escreveu a ex-vereadora ao Tribunal. “Basta assistir a propaganda de trás pra frente e se pode ouvir a candidata dizer que Deus não existe, que estatizará o Programa do Faustão e fará acordos com Hugo Chávez para desenvolver um artefato nuclear bolivariano-petista".

Na entrevista, Soninha prometeu comprovar que o Mc Donald´s vende carne de minhoca, afirmou que Luis Carlos Prestes assassinou John Kennedy e disse ter a fórmula da Coca-Cola. Para os desavisados, explicou que Tiririca é um agende infiltrado da KGB. Ela disse que tem, guardado num cofre secreto, um dossiê que revela como a Agência Brasileira de Inteligência drenou o carisma de José Serra.

(Publicado no Piaui Herald)

0 comentários:

DEIXE SEU COMENTÁRIO. SUA VOZ É IMPORTANTE.