02/09/2010

TV Globo pede desculpas por vazamento de áudio no Jornal da Globo

A direção da TV Globo pediu desculpas aos telespectadores pelo vazamento do áudio do jornalista William Waack durante a edição de quinta-feira (26/08) do "Jornal da Globo". Durante uma reportagem em que a candidata à presidência Dilma Rousseff (PT) comentava o caso dos dados do Imposto de Renda de pessoas ligadas à campanha de José Serra (PSDB), o apresentador disse "manda calar a boca". A emissora afirmou que ele não se referia a petista.


A Central Globo de Comunicação informou que Waack pediu para que a equipe da redação ficasse quieta. Segundo a emissora, quando existem conversas durante a transmissão de um telejornal é normal que se peça silêncio, porque o som "prejudica a concentração dos apresentadores”. A emissora informa que "infelizmente, por falha técnica" o microfone do jornalista estava ligado.

"Aos telespectadores, a TV Globo pede desculpas pela falha", diz a nota enviada pela assessoria da TV Globo. 

Após a apresentação do telejornal na quinta-feira, a fala de Waack repercutiu no Twitter, com insinuações de que ele estava mandando Dilma se calar. A hastag #CalaBocaDilma chegou a ficar entre os Trending Topics do microblog.

(Publicado no Portal Comunique-se)


0 comentários:

DEIXE SEU COMENTÁRIO. SUA VOZ É IMPORTANTE.