26/04/2011

Storify lança ferramenta para ajudar jornalistas a organizar conteúdo das redes sociais

Storify, uma plataforma que permite aos usuários puxar feeds de mídias sociais para reunir notícias, foi lançada publicamente segunda-feira, 25 abril, informou o The New York Times.

A plataforma busca ajudar jornalistas a filtrar conteúdos online do Twitter, Flickr, Facebook, YouTube e outros sites e permite também que os usuários adicionem seu próprio texto, explicou o NY Times. "Temos tanto fluxo de informação em tempo real agora que todos nós estamos nos afogando", afirmou Burt Herman, fundador da Storify e repórter da Associated Press, citado pelo Times. "Então, a idéia do Storify é escolher as peças mais importantes, amplificá-las e dar-lhes contexto."

Várias organizações de notícias como o The Washington Post, NPR e PBS utilizaram Storify enquanto ela estava em sua fase beta. O Centro Knight para o Jornalismo nas Américas também usou a versão de teste do Storify para criar histórias a partir de tweets sobre o 12 º Simpósio Internacional de Jornalismo Online.

Do mesmo modo, a Al-Jazeera lançou recentemente "The Stream", que usa a ferramenta para incorporar as perspectivas das mídias sociais em histórias diferentes.

Quando Storify saiu em versão beta, o Nieman Journalism Lab testou para explicar como ele funciona. Além disso, TBD's Mandy Jenkins, em seu blog Zombie Journalism, mostrou 10 maneiras dos jornalistas usarem Storify, entre elas organização de reação nas mídias sociais, background, cronograma de eventos e curadoria ao vivo de tweets.

(Publicado no  Centro Knight para o Jornalismo nas Américas)

0 comentários:

DEIXE SEU COMENTÁRIO. SUA VOZ É IMPORTANTE.