21/05/2011

Governo de SP troca liberdade de expressão por "liberdade de repressão"

Não é 1968. Não estamos sob uma truculenta Ditadura Militar, como a que ocupou o Brasil entre 1964 e 1985. Caso colocássemos o vídeo abaixo em branco e preto, provavelmente, poderíamos confundí-lo com aquela época nefasta. 
Ação da PM contra manifestantes da Marcha da Maconha na Avenida Paulista em São Paulo - 21/05/2011

.

9 comentários:

  1. Infelizmente, essa é a polícia despreparada que nós temos!
    Aproveito para informar que estou concorrendo ao Prêmio Top Blog 2011! Conto com seu voto lá no Saiba História! http://migre.me/4B4VR
    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Esse é o verdadeiro Fim do Mundo. Até quando Senhor , até quando veremos tanto intolerância!

    ResponderExcluir
  3. Gozado que a parte da apologia à droga e da provocação aos policiais não aparece nesse vídeo. Também ninguém comenta que uma minoria impedia o trânsito da maioria pela avenida. Lugar de maconheiro é na cadeia!

    ResponderExcluir
  4. Meu caro Fabricio,

    Faltou, como sempre, você responder adequadamente as questões que te fiz pelo Twitter. Segue abaixo novamente:

    Seu comentário é inadequado. A marcha da maconha não faz apologia ao crime, apenas pede para que projetos em tramitação no congresso federal sejam votados, ou seja, pedem que se faça uma revisão nas leis criminais. Isso não é crime. Mas creio que Reinaldo Azevedo nunca tenha lhe dito isso. No mais, crime é a polícia descer o sarrafo numa manifestação pacífica, que não feriu ninguém e nem atacou ninguém. Então, não posso pedir que se faça uma revisão em nenhuma lei criminal que serei acusado de fazer apologia ao crime? Mais do que isso, levarei porrada da polícia do PSDB? Essa é a democracia que você defende? Meu caro, abra sua mente para novos horizontes, leia textos contraditórios e tire suas próprias conclusões, porque comprar as opiniões pífias de Reinaldo Azevedo está acabando com sua capacidade de DIALOGAR. RT @Fabriciodamico: @blogcomunica Evidente que excessos devem ser punidos! Sacou a diferença? Existe, SIM, certo e errado. Apologia e excesso devem ser punidos.

    ResponderExcluir
  5. Respondi, sim. Mas aqui vai a completa:

    1) A manifestação foi proibida pela justiça.
    2) A tal marcha dos emaconhados fez sim apologia ao uso da droga.
    3) Aquela gente estava lá "louca" pra arrumar confusão e ganhar a tv.
    4) Os emaconhados provocaram a polícia.
    5) Os emaconhados fecharam uma das principais vias da cidade impedindo as pessoas que não tem nada a ver com aquela porcaria de ir e vir.

    Você e toda essa gente confunde direita a se expressar com balbúrdia. A polícia fez muito bem em colocar aquela cambada para correr. Isso não é repressão é apenas o estado colocando ordem onde uma minoria acha que manda.

    ResponderExcluir
  6. Fabricio, eis um hábito inadequado que você adquiriu com Reinaldo Azevedo e Diogo Mainardi: repetir as mesmas coisas para todo o sempre. Amém.
    Os manifestantes não fazem apologia, pois estão manifestando um pedido de que se votem projetos que estão no Congresso parados. Fecharam a rua exatamente para chamar a atenção da elite paulista, uma das poucas nesse país que agride manifestantes gratuitamente. Antes disso, foi feito um acordo para que a marcha pudesse sair, e por isso deixou de ser a marcha da maconha para se tornar a marcha pela liberdade de expressão. E outra coisa, não confunda manifestante com "emaconhado". Não fumo maconha, nem bebo nada alcoólico, mas sou a favor da liberação do uso da maconha. Portanto, não coloque tudo num mesmo saco de frases feitas, como a Veja costuma fazer.

    ResponderExcluir
  7. Sabe pq falamos sempre a mesma coisa? Pq não dá para maquiar a verdade. A verdade é uma só, Marcelo. Não é como quer você, o pt e todos os outros esquerdas em que a cada hora cria-se uma pseudo-verdade.

    Os manifestantes fazem, sim, apologia à droga. E você sabe disso. Ou não quer admitir ou não consegue perceber a diferença entre luta pela liberdade e luta contra a lei.

    E, sorry, mas esse papinho de "elite paulista" é uma coisa bem boboca. Te garanto que essa tal elite é grande consumidora dessa e outras drogas que essa cambada vai lá defender. A essa tal elite interessa a liberação da maconha.

    Os baderneiros emaconhados, sim!, prejudicavam o grosso da população que não podia passar por ali. E é essa maioria que NÃO quer a liberação da venda e do consumo de drogas.

    Coloco todos no mesmo saco pq são todos iguais. Tem gente que não consegue entender como funciona a democracia. Democracia não é fazer o que quiser.

    ResponderExcluir
  8. Fabricio, este é seu problema: acreditar que a verdade é uma só. Já escrevi sobre isso em outro post meu e recomendo a leitura.
    A VERDADE É SUBJETIVA.
    Você quer uma só verdade, você quer que tudo se encaixe em certo ou errado, porque a vida fica aparentemente mais fácil pra ti. Mas é impossível. Nem na natureza a verdade é objetiva. Portanto, toda a sua luta é movida por um motor inexistente. A verdade não é e nem pode ser uma só.
    Por favor, leia o ensaio que escrevi a respeito e emita sua opinião lá. Vamos dialogar.
    http://comunicatudo.blogspot.com/2010/12/ensaio-sobre-verdade-os-fatos-e-as.html

    ResponderExcluir
  9. Marcelo, me desculpe, mas acho que você não se dá conta do absurdo que diz. Não existe verdade subjetiva. A verdade é uma só. Subjetivos são pontos de vista. Quer um exemplo? Aquele livro de “português” ensina, de fato, algo errado. Pela norma gramátical NÃO se pode dizer “os livro”. Ou seja, a verdade [o português está sendo ensinado de forma errada] é UMA só. Você pode me dizer que concorda com essa forma [absurda] de ensino, mas isso não muda a verdade ou cria uma nova.

    Infelizmente você está cegado por esse esquerdismo patético. Você coloca a sua inteligência a serviço de uma meia dúzia que diz lutar por algo que não condiz com a realidade. Ao colaborar com essa gente, você não melhora a vida do cidadão. Pelo contrário, você dá força a uma cambada que só quer duas coisas: dinheiro e mais dinheiro. Um exemplo óbvio disso é esse livro absurdo.

    Veja, e digo isso com máxima sinceridade, não acho que o PSDB e o DEM sejam grande coisa. Na média são fracos. Não vejo na política nacional alguém realmente interessado em mudar algo.

    Querer acreditar que os escândalos do governo petista sejam fabricados pela mídia é, no mínimo, uma ingenuidade. Não sei o seu real envolvimento com a política, mas qualquer um com um mínimo de contato com as entranhas da vida pública sabe do MONTE de safadezas que acontecem independente do partido. É assim com o PSDB, com o PT, DEM, PMDB, PV, PSOL... Todos, sem excessão, tem suas manchas. E muitas delas são gravíssimas.

    Acabei me desviando do tema que iniciou nosso debate. Logo mais volto a ele. Abraço da fria Milwaukee! ;-)

    ResponderExcluir

DEIXE SEU COMENTÁRIO. SUA VOZ É IMPORTANTE.