03/06/2011

Quem faz notícia e quem faz intriga?

Dois jornais brasileiros, publicados no mesmo dia, com público leitor semelhante, trazem manchetes tão distintas por quê? Dão espaço diferenciado para fotos e textos por quê? Eu cheguei a pensar que um programa para tirar mais de 16 milhões de pessoas da pobreza extrema merecia a primeira página dos jornais. Merece, mas não de todos os jornais. Enquanto o Jornal do Commercio, voltado para a economia e negócios, da destaque ao programa do governo federal, O Globo, voltado para seus próprios interesses políticos e econômicos, esquece o que é notícia e usa a publicação jornalística a seu favor (ou a favor dos seus).
O assunto polêmico envolvendo Palocci é muito importante para o Brasil, tão importante que as empresas que contrataram a empresa do ministro também deveriam dar explicações de seus interesses ao fazê-lo. São elas: Itaú Unibanco, Pão de Açúcar, Íbis, LG, Samsung, Claro-Embratel, TIM, Oi, Sadia Holding, Embraer Holding, Dafra, Hyundai Naval, Halliburton, Volkswagen, Gol, Toyota, Azul, Vinícola Aurora, Siemens, Royal Transatlântico.

P.S.: não lembro de ter visto os nomes destas empresas nas inúmeras notícias de O Globo ao questionar Palocci. Se alguém encontrar, por favor, poderia me mandar? 

0 comentários:

DEIXE SEU COMENTÁRIO. SUA VOZ É IMPORTANTE.