18/02/2012

“Agimos como manda a profissão”, diz jornalista da matéria sobre suposto fim do R7 e da Record News



"Não entendemos o porquê de tanta revolta por parte do Grupo Record. Recebemos a informação de uma fonte confiável e demos à emissora a oportunidade de se pronunciar. Agimos como manda a profissão, mas estamos sendo tratados como criminosos". Foi assim que, ao Comunique-se, os jornalistas do portal Adnews, Marcelo Gripa e Leonardo Pereira, falaram sobre a matéria que dava conta de que Record News e R7 seriam "encerrados".

Publicada na manhã desta sexta-feira, 17, a reportagem do site voltado ao mercado publicitário informou que, por não conseguirem se sustentar, os dois produtos seriam "descontinuados". Em janeiro, informações sobre o fechamento da Record News já haviam circulado pela internet, mas logo foi desmentida pela emissora. Desta vez, o assunto não demorou a repercutir e, logo em seguida, o R7 publicou matéria na seção ‘Entretenimento’ acusando o Adnews e UOL - que fechou parceria com o site recentemente - de cometerem crime.

"Incapaz de ser efetivo em ataques gratuitos em suas próprias páginas, o UOL demonstra claramente que, a partir do anúncio da parceria, usará o Adnews como caneta de aluguel para tentar conter a real ameaça que sofre tanto em audiência quanto em faturamento nos últimos anos", disse a matéria do portal pertencente à Rede Record. No comunicado enviado à imprensa, a emissora ressaltou os bons resultados do canal e do site, além de informar que irá "tomar medidas judiciais contra estes ataques, que podem trazer prejuízos para nossas atividades".

0 comentários:

DEIXE SEU COMENTÁRIO. SUA VOZ É IMPORTANTE.