02/02/2012

Projeto de Lei propõe piso salarial de R$ 3.700 para jornalistas

Deputado Andre Moura apresentou proposta que fixa piso salarial dos jornalistas
Por Mariana Carvalho  

O deputado Andre Moura (PSC-SE) encaminhou o projeto de lei que fixa o piso salarial nacional dos jornalistas em R$ 3.270 para uma jornada de 30 horas semanais.

A proposta se aproxima da reivindicação histórica da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) de um piso de seis salários mínimos (R$ 3.732). Além disso, os salários seriam reajustados anualmente pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).


Atualmente, cada unidade da Federação pode determinar o valor do piso para a categoria. Pesquisas da Fenaj apontam que o piso dos jornalistas alagoanos, no valor de R$ 2.114, é o maior do País, seguido pelos do Paraná (R$ 2.049,11) e de São Paulo (R$ 2.075,78). Os menores pisos seriam praticados no Rio Grande do Norte (R$ 850) e em Sergipe (R$ 954,80).

Para o presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de São Paulo, José Augusto de Oliveira Camargo, a proposta é válida. Ele considera o PL um grande avanço para a classe. "É uma reinvindicação antiga que fazemos e uma ótima iniciativa do deputado. Em São Paulo já ouve uma época em que o piso era de 10 salários mínimos, mas o valor de R$ 3.270 está bom considerando todos os estados brasileiros. Mas isso não deve afetar os jornalistas dos grandes centros".


0 comentários:

DEIXE SEU COMENTÁRIO. SUA VOZ É IMPORTANTE.