15/02/2012

Sobre Eloá, Lindemberg e a incansável mídia

Lindemberg, durante o julgamento
O caso do sequestro de Santo André voltou para as telas de televisão, para as ondas do rádio e páginas impressas do jornal, por conta do julgamento de Lindemberg. Por conta disso, gostaria de fazer quatro pequenos lembretes sobre o caso, que já foram publicados em 2008 neste blog:

1 - Um diretor do São Paulo (S.P.F.C.) chegou a oferecer uma oportunidade para ele (Lindemberg) no futebol, durante as cem horas de sequestro...

2 - Chegaram a prometer curso de modelo para as meninas...

3 - "Nós só fizemos o nosso trabalho" - Sônia Abrão.

4 - “O que eles fizeram foi de uma irresponsabilidade tão grande que eles poderiam, através dessa conduta, deixar o tomador das reféns mais nervoso, como deixaram, poderiam atrapalhar a negociação, como atrapalharam. [...] Foi irresponsável, infantil e criminoso o que a Sonia Abrão fez. Essas emissoras, esses jornalistas criminosos e irresponsáveis, devem optar na próxima ocorrência entre ajudar a polícia ou aumentar a sua audiência”. - Declarações de Rodrigo Pimentel em 2008, antes de ser contratado pela Rede Globo, co-autor do livro "Elite da Tropa" e roteirista do filme "Tropa de Elite".


0 comentários:

DEIXE SEU COMENTÁRIO. SUA VOZ É IMPORTANTE.