16/03/2012

Pânico na RedeTV: novas demissões


Por Altamiro Borges

O sítio Comunique-se divulgou ontem (15), com exclusividade, que a RedeTV! demitiu 40% da sua equipe de esportes e também encerrou a exibição do programa "Aconteceu". A notícia confirma a grave crise vivida pela emissora, controlada por dois empresários ambiciosos e sem escrúpulos. No mês passado, a equipe do "Pânico na TV", responsável por 40% do faturamento da emissora, já havia se transferido para a rival Band, em decorrência dos atrasos no pagamento dos salários.

Segundo o sítio Comunique-se, o único programa que continua ileso aos cortes é o jornalístico Rede TV News. "O telejornal exibido no horário nobre não teve nenhum profissional dispensado nesta quinta-feira, 15. A equipe do noticiário foi uma das poucas que não sofreu alterações no decorrer desta semana". Mesmo assim, o clima é tenso entre os jornalistas.

Vida de sultão

As demissões dos trabalhadores, porém, não devem estar tirando o sono dos bilionários donos da RedeTV!. Amílcare Dallevo, sócio majoritário da empresa, continua levando uma vida de sultão. Ele constrói na região metropolitana de São Paulo uma mansão com 17 mil metros quadrados, dois helipontos, 18 quartos, 14 banheiros, duas piscinas e um cinema. 

Num país em que não há qualquer regulação da concessão pública na radiodifusão, os barões da mídia agem como mafiosos. Além da péssima programação imposta aos telespectadores, eles ainda atrasam salários, demitem e cometem outros abusos. Quando alguém cogita não renovar uma concessão irregular, eles ainda dizem que é "censura". Eles realmente se acham acima das leis. 



.
Follow Me on Pinterest

0 comentários:

DEIXE SEU COMENTÁRIO. SUA VOZ É IMPORTANTE.