PSDB censura TV pública de Goiás

Por Altamiro Borges Aliados dos barões da mídia, os tucanos adoram posar de defensores da “liberdade de expressão”, que confundem com a ...


Por Altamiro Borges

Aliados dos barões da mídia, os tucanos adoram posar de defensores da “liberdade de expressão”, que confundem com a liberdade dos monopólios. Mas no seu ninho, eles gostam mesmo é de praticar a censura, cooptar a imprensa via publicidade e pressionar os patrões pela demissão dos jornalistas mais críticos. Goiás é a mais recente prova da distância entre o discurso e prática.

Na sexta-feira passada (23), a TV Brasil Central (TBC), emissora pública controlada pelo PSDB, anunciou o afastamento de Michele Bouson e Marcelo Adriani, os dois apresentadores do Jornal Brasil Central (JBC) 1ª Edição. Eles foram punidos por questionarem a situação caótica da educação em Goiás, fazendo perguntas mais duras à ex-secretária e ex-deputada Raquel Teixeira.

As ordens e a “desobediência”

A entrevista, ao vivo, ocorreu na quinta-feira. Prova da censura prévia que impera na emissora, a diretora de Telerradiodifusão da Agência Goiana de Comunicação (Agecom), Abadia Lima, prometeu que não haveria perguntas sobre a greve dos professores, o que viabilizou a presença da ex-secretária. “Ela deu ordem aos jornalistas para não entrarem no assunto e acompanhou a entrevista no estúdio para inibir qualquer tentativa”, relata a blogueira Fabiana Pulcineli, do jornal goiano O Popular.

Mas o jornalista Marcelo Adriani, cumprindo seu papel, acabou tratando do tema, sem citar expressamente a greve. Perguntou por que havia tanta dificuldade para valorizar a educação. “No dia seguinte, os dois apresentadores foram chamados por Abadia e informados de que estavam fora da função. Segundo relatos de colegas, ela reclamou da ‘desobediência’”, descreve a blogueira.

Acuado, governo recua

O afastamento dos dois profissionais revoltou os trabalhadores da emissora pública. O Sindicato dos Jornalistas de Goiás enviou ofício à Agecom questionando a censura. “Pelos relatos de um dos apresentadores, foi uma ação totalmente condenável”, criticou Cláudio Curado Neto, presidente da entidade. Diante a pressão, ontem (26) a direção da TBC foi obrigada a recuar na punição.

Segundo Fabiana Pulcineli, “a TV Brasil Central decidiu reconduzir os jornalistas Michelle Bouson e Marcelo Adriani depois que o governador Marconi Perillo (PSDB) determinou ‘providências para esclarecer os fatos’”. A notícia sobre o recuo foi confirmada pela entidade da categoria, que participou de negociação com a direção da Agecom e da TBC.

Acuado, o governador tucano ainda tentou contornar o desgaste em seu twitter: “No nosso governo não existe qualquer tipo de censura, perseguição ideológica ou cerceamento de liberdade”, disparou. Caso não houvesse a gritaria, o PSDB recuaria em mais este grave atentado contra a liberdade de expressão?

Matéria abaixo publicada no Brasil 247

Censura em Goiás pega mal e governo revê afastamento




GOVERNADOR MARCONI PERILLO DETERMINOU "PROVIDÊNCIAS PARA ESCLARECER OS FATOS"; PRESIDENTE DA ESTATAL CONVIDOU OS DOIS PROFISSIONAIS AFASTADOS A VOLTAR A APRESENTAR O JORNAL BRASIL CENTRAL 1ª EDIÇÃO E PROMETEU ATÉ GUARDA-ROUPA NOVO

27 de Março de 2012 às 06:02
247 - O afastamento dos jornalistas Michelle Bouson e Marcelo Adriani da apresentação do Jornal Brasil Central 1ª Edição não pegou bem. Os dois apresentadores foram sumariamente afastados de suas funções por abordarem o delicado tema educação durante entrevista com a ex-deputada Raquel Teixeira, que também já foi secretária da Educação. Diante da repercussão ruim da decisão, o governo de Goiás resolveu voltar atrás. Leia detalhes na reportagem de Fabiana Pulcineli, de O Popular:
Jornalistas da TBC são reconduzidos
A TV Brasil Central decidiu reconduzir os jornalistas Michelle Bouson e Marcelo Adriani à apresentação do Jornal Brasil Central (JBC) 1ª Edição, depois que o governador Marconi Perillo (PSDB) determinou "providências para esclarecer os fatos". O blog mostrou na sexta-feira que os dois foram afastados da função depois de fazer perguntas sobre Educação à ex-secretária (de Educação) e ex-deputada federal Raquel Teixeira.
A informação sobre a decisão da Agecom foi repassada pelo presidente do Sindicato de Jornalistas do Estado de Goiás, Cláudio Curado Neto, que participou de reunião com o presidente da Agência Goiana de Comunicação (Agecom), José Luiz Bittencourt, a diretora de Teleradiodifusão, Abadia Lima, Michelle e dois representantes dos servidores da agência.
Segundo Cláudio, José Luiz reafirmou que a entrevistada ficou constrangida com as perguntas, mas disse que nunca pensou em censura. Ao fazer o convite para o retorno dos dois apresentadores a partir de segunda-feira, o presidente da estatal acrescentou que adquiriu guarda-roupa para os profissionais, que antes usavam roupas próprias.
Michelle topou voltar. Marcelo não participou da reunião por conta de problema de saúde na família, mas também estaria disposto a retornar à função.
Cláudio considerou que prevaleceu o bom-senso na decisão. "A habilidade que faltou no início do processo houve agora para encerrá-lo", disse, acrescentando que pediu aos servidores para ser informado em caso de novos atos semelhantes.
No início da tarde, depois da repercussão negativa e da publicação da notícia no Blog do Noblat, Marconi tuitou que não existe censura em seu governo: "Determinei ao presidente da Agecom que tome as providências para esclarecer os fatos sobre entrevista na TBC. O presidente da Agecom vai se reunir hoje com o Sindicato dos Jornalistas, os profissionais e a direção da TBC para superar o episódio. No nosso governo não existe qualquer tipo de censura, perseguição ideológica ou cerceamento de liberdade", disse o governador.




Follow Me on Pinterest

COMMENTS

BLOGGER
Nome

Anna Poulain,5,Apoemático,19,APPs,15,Arte,5,Arte Digital,17,Artigos próprios,105,Artigos reproduzidos,286,Biografias,1,Cinema,8,Citações,20,coluna S I T T A,5,Consumidor,24,Contos,14,Crônicas,7,Cultura,14,Dados estatísticos,17,Depressão Comunica,7,Diálogos,1,Diego Pignones,42,Digital,1,Documentários,120,Educar,23,Ensaios,14,Entrevistas,40,featured,4,Fotografia,42,Games,3,HQ,16,In Memoriam,2,Informe,1,Jornais,25,Jornalismo Literário,7,Língua Inglesa,1,Língua Portuguesa,25,Literatura,31,Machismo,17,Memórias de minha janela,10,Mídia,1299,Música,81,nota,9,Nota.,223,Notificando,3,Outros Blogs,2,Pablo Pascual García,1,Pensamento e Comunicação,57,Pensamentos tupiniquins,196,Pintura,16,Poesia,39,Política Carioca,135,Política Internacional,335,Política Nacional,1003,Q tem pra V,45,Rádio/TV,27,Rapidinhas do Sr Comunica,29,Saúde,18,Teatro,20,Tetraplégicos Unidos,10,Tirinhas,4,Tupi Guarani Nheengatu,8,Viagem,10,Vídeos,39,Web,45,
ltr
item
COMUNICA TUDO: PSDB censura TV pública de Goiás
PSDB censura TV pública de Goiás
http://2.bp.blogspot.com/-PgaavnGtp8M/T3HiORAI1HI/AAAAAAAADKo/8f_g4m40JCg/s400/get_img.jpg
http://2.bp.blogspot.com/-PgaavnGtp8M/T3HiORAI1HI/AAAAAAAADKo/8f_g4m40JCg/s72-c/get_img.jpg
COMUNICA TUDO
http://www.marcelodamico.com/2012/03/psdb-censura-tv-publica-de-goias.html
http://www.marcelodamico.com/
http://www.marcelodamico.com/
http://www.marcelodamico.com/2012/03/psdb-censura-tv-publica-de-goias.html
true
4187826622770269860
UTF-8
Loaded All Posts Not found any posts VIEW ALL Readmore Reply Cancel reply Delete By Home PAGES POSTS View All RECOMMENDED FOR YOU LABEL ARCHIVE SEARCH ALL POSTS Not found any post match with your request Back Home Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS CONTENT IS PREMIUM Please share to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy