15/04/2012

Ciao Piermario



Já escrevi sobre o Livorno aqui mesmo no Comunica Tudo, esperava que meus escritos sobre Il mágico amaranto fosse apenas pelo lado festivo e pela forte identificação política de seus torcedores. Porém, hoje, é diferente.

Jogavam Pescara X Livorno no Stadio Adriatico, em jogo válido pela 35ª rodada da Série B italiana, o Livorno vencia o jogo por 0X2 e aos 33 minutos do primeiro tempo o meio campo livornese, Piermario Morosini caiu no gramado.

O meio campista de 25 anos recebeu os primeiros socorros ainda dentro de campo e foi removido de ambulância para o hospital Santo Spirito, mas morreu vítima de um ataque cardíaco antes de chegar ao hospial. No entanto, a agência de notícias ANSA reporta que houve problemas na saída da ambulância do estádio, por quase 1 minuto a ambulância foi obstruída por uma viatura da polícia municipal de Pescara. Contudo, um especialista cardíaco entrevistado afirmou que o atraso ocasionado pela viatura policial não alteraria o desfecho.


Há pouco menos de 1 mês houve o caso do meia Fabrice Muamba que sofreu um mal súbito em partida válida pela FA Cup. Na ocasião, Muamba caiu dentro de campo e foi socorrido. O jogador foi removido para o hospital em estado grave, mas foi se recuperou.


Podemos especular sobre a saúde dos jogadores, a preparação física, a estrutura médica dos clubes, entre outras tantas variáveis. O fato é que os jogadores, atualmente, percorrem uma distância muito maior nos 90 minutos do que os jogadores das décadas de 60, 70,80 e 90. E mesmo assim, em mais um caso de morte dentro das quatro linhas, o futebol-negócio segue sem maiores abalos. 


Se faz necessária uma mudança de paradigma juntamente com estudos sobre os atletas, pois as mortes por cardiopatias ou, simplesmente, mal súbitos estão ficando comuns em diversas partes do globo, enquanto um seleto grupo reparte os espólios das negociações de direitos de imagem, direitos de transmissão, cotas, janelas, etc.

O esporte das multidões há muito deixou de ser das massas.
Contra o futebol moderno.
Ciao Piermario.
Forza Livorno.

Anotação na Margem:

- Os direitos federativos de Morosini eram detidos pela Udinese. Antes do empréstimo ao Livorno, o jogador passou por Reggina, Padova e Vicenza.

- A torcida do Adana Demirspor (time turco que protagonizou com o Livorno o ‘Amistoso Socialista’), já se manifesta online prestando homenagens ao jogador e se solidarizando ao Livorno.

Diego Pignones
Publicitário e pesquisador em Comunicação Social.
Twitter: @diegopignones




Follow Me on Pinterest

0 comentários:

DEIXE SEU COMENTÁRIO. SUA VOZ É IMPORTANTE.