15/05/2012

Globo supera a CBS ou como um país de terceiro mundo sustentou uma emissora de primeiro (ou seria o contrário)?

A notícia foi: Rede Globo é a segunda maior emissora do mundo. O texto explica que uma nova avaliação levou a Globo do terceiro para o segundo lugar no ranking mundial, na frente da CBS:
SÃO PAULO – A rede Globo de Televisão tornou-se a segunda maior emissora do mundo em renda comercial.
Segundo o site “Comunique-se”, a empresa de Roberto Marinho ultrapassou a CBS em uma análise feita neste ano. Agora, a emissora só está atrás da ABC, dos Estados Unidos.
No Brasil, a rede Globo possui cinco emissoras próprias, nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Brasília e Olinda, além das empresas afiliadas espalhadas por todo o País.
O único outro canal brasileiro que faz parte do ranking internacional é a rede Record. Porém, ela ocupa apenas a 28ª posição.
Além da ABC, Globo e CBS, estão também entre as oito maiores redes do mundo a NBC, na quarta colocação, a Televisa, na quinta, a CNN, na sexta, a BBC, na sétima, e a chinesa CCT no fim da lista.




A ótima avaliação da Rede Globo infelizmente não inclui dados políticos e históricos que permitiram à emissora estar em posição tão privilegiada. O Brasil é um país riquíssimo: fato. Ainda vivemos em desigualdade social e isso também é um fato. Estes dois elementos somados aos 21 anos de uma ditadura militar que injetou milhões de dólares na emissora numa competição desigual e sem precedentes, manipulação de fatos jornalísticos, tendência inata ao golpismo, etc, fazem da Vênus Platinada um destaque mundial.

É claro que a Globo tem suas qualidades, mas vale questionar como um país de terceiro mundo conseguiu sustentar uma "emissora de primeiro mundo", ou seria o contrário? Uma emissora de televisão que apoia um franco processo de desindustrialização, ideais de uma elite financeira e retrógrada que faz de tudo para manter o país no mesmo lugar. mas com a segunda maior emissora do mundo. 

Caso ainda não tenha visto, recomendo assistir ao documentário  "Beyond Citizen Kaneou então visitar o site do falecido jornalista Daniel Herz e procurar compreender melhor o que quero dizer.


0 comentários:

DEIXE SEU COMENTÁRIO. SUA VOZ É IMPORTANTE.