03/07/2012

Organização pede proteção do jornalista chileno suspenso por ironizar homenagem a Pinochet


Um pedido de proteção do jornalista chileno que foi suspenso por ironizar uma homenagem ao ex-ditador Augusto Pinochet no canal Chilevisión no último dia 8 de junho foi apresentado pelo Grupo de Familiares de Presos Políticos (AFDD, na sigla em espanhol) com o apoio do disputado advogado do Partido Comunista de Chile, Hugo Gutiérrez, informou o Puranoticia.

O recurso legal foi feito com a intenção de “fazer respeitar o direito à liberdade de expressão” do jornalistaVíctor Gómez, para que ele possa continuar seu trabalho como analista esportivo, afirmou o jornal La Nación. Em termos legais, o recurso “busca que a Corte ordene uma liminar e revogue as sanções ao profissional”, acrescentou o jornal La Segunda.

"Vamos esperar um pouco para que o cheiro de enxofre se dissipe aqui no estúdio" foi o comentário feito pelo jornalista que fez com que o canal o condenasse verbalmente e por escrito, além de penalizá-lo,paralizando seu trabalho como comentarista esportivo, algo que Gómez fazia desde 2002, explicou o jornal digital El Mostrador.

As ações empreendidas pela Chilevisión geraram vários protestos de diversas organizações sociais e de direitos humanos em frente ao canal no último dia 22 de junho, rechaçando a censura ao jornalista, informou o Colégio de Jornalistas do Chile. "O direito à liberdade de expressão é de todos os cidadãos, também a nós que exercemos o trabalho jornalístico", disse o presidente nacional da associação, Marcelo Castillo.


0 comentários:

DEIXE SEU COMENTÁRIO. SUA VOZ É IMPORTANTE.