04/07/2012

"Tem que f... o Lula! Tem que f... o barbudo!"

Saiu ontem na coluna Informe JB, do jornalista Marcelo Auler:
Cachoeira & Aloprados
Em um dos vídeos apreendidos na casa de Adriano Aprígio, ex-cunhado do bicheiro Carlinhos Cachoeira, o ex-sargento da Aeronáutica Idalberto Matias de Araújo, o Dadá, comemora o envolvimento de petistas no chamado Escândalo dos Aloprados.
Em setembro de 2006, às vésperas do início da propaganda eleitoral na televisão, petistas foram presos em um hotel em São Paulo com R$ 1,7 milhão. Com o dinheiro pretendiam comprar um dossiê que supostamente envolvia o tucano José Serra - então candidato à presidência da República - com o desvio de verbas do orçamento destinadas à compra de ambulâncias. O escândalo prejudicou Lula, que concorria à reeleição e esperava ganhar no primeiro turno, o que não aconteceu.
O vídeo apreendido, já periciado pela Polícia Federal, mostra uma conversa entre o jornalista Mino Pedrosa e Dadá, o araponga que atendia à quadrilha do bicheiro. Pedrosa relata que o PSDB armou a história do dossiê e o "PT caiu nela".
O araponga vibra e comemora: "Tem que f..... o Lula! Tem que f..... o barbudo!
Será que Ali Kamel, o chefão da TV Globo, sabia do envolvimento da máfia de Carlinhos Cachoeira nesta arapuca? Será que ele também festejou: "Tem que f... o Lula"? Na ocasião, o Jornal Nacional deu enorme destaque para a grana apreendida com os tais "aloprados do PT". A TV Globo até escondeu a notícia do trágico acidente com o avião da Gol. A edição do JN foi decisiva para dar fôlego ao tucano Geraldo Alckmin!

Em sua coluna, a jornalista Mônica Bergamo informou recentemente que a revista Veja não era a única que mantinha promíscuas relações com a máfia de Carlinhos Cachoeira. Sem dar o nome aos bois, ela garantiu que "outros dois importantes veículos de comunicação" utilizavam os serviços "editoriais" do criminoso. A nota do jornalista Marcelo Auler reforça as suspeitas contra a poderosa Rede Globo.

(Publicado no Blog do Miro)

0 comentários:

DEIXE SEU COMENTÁRIO. SUA VOZ É IMPORTANTE.