29/01/2013

Outra tragédia anunciada no Rio de Janeiro?


Infelizmente, parece-nos outra tragédia anunciada no Rio de Janeiro. Usuários do Facebook estão a compartilhar fotos e comentários sobre o temor de outra tragédia anunciada no Rio de Janeiro. Claro que desejo estar errado, mas as imagens mostram outra realidade. Veja a mensagem publicada por um usuário:
Pra quem ainda não entendeu, vou explicar bem devagar: essa porra vai cair. Isso aí é o que dá pra ver (foto acima). O Elevado do Joá pode estar pior que isso por debaixo. Não é melhor desviar logo o trânsito para a Joatinga, Alto, Grajaú e Linha Amarela, e fazer logo o que precisa ser feito? O laudo técnico já disse: vai cair. As autoridades não podem "proibir o tráfego de caminhões e reduzir a velocidade para 60km/h" e achar que tá tudo bem. É tão arrogante ignorar o laudo dos peritos quanto querer revogar a lei da gravidade. Amigos, façam barulho.
No dia 03/01/2013, O Globo publicou:
Quem tem medo do Elevado do Joá? - Mesmo com obras de reforço, moradores da Barra estão inseguros de utilizar a via


Fernanda Dannemann, jornalista, publicou em seu blogue no dia 27/01/2013, uma Campanha: ajude o Paes a consertar o Joá! Leia um trecho abaixo:

Só eu vou a 60, e ainda tenho que aturar os faróis piscando na minha traseira, os xingamentos e as buzinadas alheias: pelo visto, ninguém acreditou que o elevado está cai-não-cai... ou ninguém se importa que ele venha mesmo a cair. Sabe aquela história de otimismo excessivo e de achar que as tragédias só acontecem com os outros? Pois é...
Concordo com a presidente da CET-Rio, Claudia Secin, que por ali passa todos os dias e disse, em entrevista publicada recentemente, que é um absurdo que a adoção dos radares seja necessária para botar um freio na desobediência dos motoristas. A CET-Rio espera uma média de 250 multas por dia depois da instalação dos radares, quando o ideal, diante dos riscos, seria que ninguém ultrapassasse o limite de velocidade. Se considerarmos o valor de R$ 127,69 por multa, no fim do mês somente estas 250 multas diárias somarão R$ 1 milhão!
Assim sendo, minha sugestão para o caso é que o prefeito instale logo os tais radares e coloque também um placar gigante com os dizeres "A PREFEITURA AGRADECE, JÁ ARRECADAMOS R$... EM MULTAS", e converta todo o dinheiro na reforma do elevado velho e na construção do novo. Taí uma boa maneira de usar de forma construtiva a falta de educação (e de consciência) do carioca!
Até quando o descaso vai imperar no Rio de Janeiro? Chega de tragédias.

6 comentários:

Ana Paula Fernandes disse...

Nossa...que horror!!

M.A. D. disse...

Horror e descaso...

Opinar DIREITO disse...

Prezado MAD, assim que várias vidas forem ceifadas e a nossas emissoras começarem a expor o sofrimento, eles (GOVERNO) irão tomar providências. È somente uma questão de tempo.

M.A. D. disse...

E é terrível que as coisas tenham que ser deste jeito. Está na hora de mudarmos a narrativa de nossas histórias.

Katia Biazzy disse...

Só depois que acontecer é que irão tomar alguma previdência...

M.A. D. disse...

Não consigo entender a lógica da administração pública no Rio de Janeiro.