27/01/2014

Noam Chomsky: democracias europeias entraram em colapso

Chomsky no Festival de Ciências de Roma: neoliberalismo é "um grande ataque contra a população mundial, o maior ataque ocorrido nos últimos 40 anos".
Falando em Roma, o intelectual e ativista político deu como exemplo o governo do ex-comissário europeu Mario Monti em 2011: “Este político foi nomeado pelos burocratas de Bruxelas e não pelos eleitores”.

“As democracias europeias entraram em colapso total, independentemente da cor política dos governos, porque as decisões são tomadas em Bruxelas”, disse este sábado em Roma o linguista e ativista política norte-americano Noam Chomsky.

Numa intervenção durante o Festival das Ciências de Roma, Chomsky advertiu que com a destruição das democracias na Europa dirigimos-nos a ditaduras.

Referindo-se ao país onde se encontrava, sublinhou que a democracia deixou de existir desde que chegou ao governo o ex-comissário europeu Mario Monti em 2011. “Este político foi nomeado pelos burocratas de Bruxelas e não pelos eleitores", disse Chomsky, citado pelo portal de notícias italiano Rai News.

Trata-se porém de um fenómeno que ocorre a nível global.

“Até uma fonte insuspeita, o Wall Street Journal tem escrito que a democracia dos Estados Unidos está à beira do colapso, pois todo o governo, seja de direita ou de esquerda, segue a mesma política”, afirmou, descrevendo o neoliberalismo como "um grande ataque contra a população mundial, o maior ataque ocorrido nos últimos 40 anos".

0 comentários:

DEIXE SEU COMENTÁRIO. SUA VOZ É IMPORTANTE.