06/06/2017

Jornalista da Globo ganha ação contra líder do MBL


O repórter José Roberto Burnier venceu ação judicial de danos morais movida contra o líder do Movimento Brasil Livre (MBL), Renan Santos. O que motivou o processo foi montagem publicada na internet, que comparava o profissional a uma prostituta. O Tribunal de Justiça de São Paulo condenou o militante político a pagar indenização de R$ 20 mil ao jornalista da Globo. As informações são do UOL.

No processo, Burnier alegou que foi alvo de campanha difamatória por parte do MBL, articulada “com intenção de abalar a sua credibilidade, ferir sua dignidade e decoro e inibir a sua isenta atuação profissional”. A montagem tema da ação foi veiculada na época em que o repórter atuava na cobertura do processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

Burnier declarou, ainda, ter sido descrito pelo movimento como “muito severo com oposicionistas de 93 anos”, mas que “pode ser incrivelmente doce com criminosos bem mais jovens”, que teria “posições de esquerda notórias e conhecidas” e que seria “um esquerdista Global de joelhos para o PT [Partido dos Trabalhadores]”.

A montagem que motivou o processo judicial mostra o rosto de Burnier com o corpo de uma prostituta, oferecendo serviços para a então presidente Dilma Rousseff. O jornalista afirmou que a imagem foi reproduzida por diversos sites na web e que trouxe prejuízos a sua reputação e dignidade.

Em primeira instância, o jornalista pedia R$ 100 mil de indenização do líder do MBL. Porém, ele perdeu o processo. De acordo com o Diário do Centro do Mundo, o profissional recorreu e na decisão em segunda instância, o juiz Walter Piva Rodrigues declarou que, como jornalista, Burnier está sujeito a críticas, mas que “houve patentes excessos” nas postagens do MBL e pondera que o direito à livre manifestação do pensamento “não é absoluto”. Cabe recurso da decisão da ação.

(Via Comunique-se)

VOCÊ é muito importante para nós. Queremos ouvir SUA VOZ. Deixe seu comentário abaixo, após 'Related Posts'. Apoie este projeto: clique nas publicidades ou contribua.

0 comentários:

DEIXE SEU COMENTÁRIO. SUA VOZ É IMPORTANTE.