31/07/2017

Usuários preferem se atualizar pelo Youtube do que vendo notícia, diz pesquisa



O YouTube acaba de revelar os resultados da segunda edição de sua pesquisa, chamada de YouTube Insights. A publicação informa que o Brasil é vice-campeão mundial em horas assistidas. Entre os principais pontos está a descoberta de que 59% dos usuários concordam que é melhor se atualizar pelo site de vídeo do que vendo notícias.

No Brasil, 95% da população online acessa a plataforma pelo menos uma vez por mês. São 98 milhões de brasileiros conectados, de acordo com o levantamento. “Todos os caminhos levam ao YouTube. Então, pode anotar: se você está online, uma hora vai dar play aqui”, afirma o texto de divulgação dos resultados.

A pesquisa mostra que 32% dos usuários lembram do YouTube quando o assunto é consumo de vídeo. Em segundo lugar fica a rede social (16%), seguida por TV paga (15%) e TV aberta (10%). A plataforma afirma que 63% dos consumidores do YouTube dizem que não conseguiriam viver sem o site de vídeos.


Para o usuário, o que o faz acessar vídeo no YouTube é a relevância (46%), envolvimento (39%) e autenticidade (30%), sendo que 80% dos respondentes afirmam que consideram o conteúdo divertido de maior importância em branded vídeos. Conteúdos que mostram como usar determinado produto (75%) também chamam a atenção.

O YouTube Insights revela, ainda, informações sobre o consumo de conteúdo de gastronomia, música, gaming, moda, beleza e futebol.

Veja, abaixo, os principais dados da pesquisa:

31% consideram o YouTube fonte de aprendizado;
79% afirmam que é melhor assistir a tutoriais na plataforma do que ler instruções;
94 milhões de brasileiros se interessam por esportes. Deles, 60 milhões estão no digital;
51% dos brasileiros com acesso à internet assistem a conteúdos de futebol na plataforma;
68% dos brasileiros com acesso à web acompanham conteúdos de gastronomia no YouTube;
66% dos usuários que buscam o tema “comida” têm entre 18 e 34 anos e 25% têm mais de 35 anos;
86% dos entrevistados da classe A, 83% da classe B e 78% da classe C consomem música na plataforma;
56 milhões de brasileiros assistem a conteúdo de games online;
77% dos consumidores de gaming no YouTube costumam jogar sozinhos;
76% dos brasileiros conectados consomem conteúdos de moda, beleza e estilo de vida no YouTube;
69% desses consumidores têm entre 18 e 34 anos;
31% dos consumidores são homens. Esse índice foi 21% em 2016;
81% dos consumidores acham que o YouTube é para todos os gêneros e opções referentes à sexualidade.

Para conhecer a íntegra do levantamento, acesse este link.

(Via Comunique-se)


VOCÊ é muito importante para nós. Queremos ouvir SUA VOZ. Deixe seu comentário abaixo, após 'Related Posts'. Apoie este projeto: clique nas publicidades ou contribua.

0 comentários:

DEIXE SEU COMENTÁRIO. SUA VOZ É IMPORTANTE.