29/09/2017

Homofobia mata! In memoriam de Bruno Magalhães

Bruno dos Santos Magalhães foi dado como desaparecido no dia 10/09/2017. Estava em Saquarema, Rio de Janeiro, para curtir o feriado prolongado de 7 de setembro.

Logo começam a surgir no Facebook várias postagens de amigos e familiares relatando o desaparecimento de Bruno. Eu, que conheci Bruno numa empresa em que trabalhamos juntos, cheguei a compartilhar algumas vezes a notícia na esperança de colaborar com o seu reaparecimento. Algumas pessoas chegaram a pensar que fosse uma brincadeira dele esse sumiço, dado seu imenso espírito alegre, brincalhão, sempre sorrindo.

No dia 28/09/2017, a Assessoria de Comunicação da Polícia Civil do Rio de Janeiro publica uma notícia com o desfecho do caso. Três pessoas foram presas acusadas de latrocínio, sendo uma delas menor de idade.

"Após realizar uma acareação entre os três envolvidos restou provado que durante a festa da padroeira, os criminosos, que estavam nas pedras da Igreja de N. S. de Nazareth, viram Bruno sentado em uma pedra e ao perceberem que a vítima seria homossexual começaram a flertar no sentido de seduzi-lo para em seguida roubar seus pertences. Já dominado pelos criminosos que o imobilizaram, o técnico de enfermagem começou a ser agredido com pontapés e após a subtração de seus pertences Bruno foi jogado das pedras caindo no mar." - ASCOM da Polícia Civil/RJ.

Vista aérea da Igreja de N. S. de Nazareth, em Saquarema/RJ
No dia em que ocorreu o latrocínio, acontecia uma festa religiosa nesta Igreja. Os três criminosos, após espancar, roubar e matar Bruno Magalhães, ainda voltaram para a festa religiosa, utilizando os produtos roubados para beber, comer e usar drogas, segundo relatos dos próprios indivíduos.

Para mim, segundo meu entendimento, fica claro que Bruno Magalhães foi escolhido como vítima por ser homossexual assumido. Não sei exatamente qual foi o valor subtraído, mas certamente não era uma quantia milionária de dinheiro. E ainda que fosse, nada justificaria tamanha brutalidade. Para mim fica claro que o assassinato dele, ocorrido após o roubo, aconteceu pelo fato de Bruno ser homossexual. 

Seduziram, imobilizaram, espancaram, roubaram e mataram Bruno por ser homossexual. É provável que se os três criminosos tivessem tido a chance de conhecer Bruno Magalhães como grande ser humano que era, jamais teriam feito qualquer coisa contra ele. Uma pessoa que era somente risos e sorrisos, que espalhava alegria por onde passava. Querido por todos os que o conheciam.

Minha indignação e minha tristeza me levaram a escrever este texto. Infelizmente, agora, não tenho como ajudar Bruno Magalhães, além de desejar que ele descanse em paz e encontre o conforto merecido. Desejo este que se estende a todos os familiares e amigos. Mas por menor que seja este meu ato, posso tentar fazer algo por todas as pessoas LGBT's que se encontram neste mundo pedindo: basta de homofobia! Preconceito, racismo, machismo não são brincadeiras, porque eles matam, todos os dias. É preciso acabar com a homofobia, o machismo, o preconceito, o racismo e toda e qualquer forma de discriminação. Espalhe essa ideia, talvez a gente possa salvar muitas vidas.

(Via Marcelo D'Amico)


VOCÊ é muito importante para nós: queremos ouvir sua voz. Deixe um comentário após 'Related Posts'. Apoie o #ComunicaTudo: clique nas publicidades ou contribua. Saiba mais através do email marceloaugustodamico@gmail.com

3 comentários:

  1. Tristeza imensa...

    ResponderExcluir
  2. Triste demais o que aconteceu com meu amigo... Não tenho nem mais palavras

    ResponderExcluir
  3. Não o conheci mas tínhamos vários amigos em comum, e só o que eu ouço são elogios e + elogios a ele tenho casa na cidade aliás muito próximo á igreja Inclusive eu estava na cidade na data , EU particularmente não vejo o caso só como homofobia ou racismo, pois acho que se fosse um adolescente ou uma mulher que não oferecessem resistência ou uma reação brusca de defesa teriam cometido o msm crime prq já e de sua índole , são animais covardes bandidos assassinos e essa espécie não escolhe cara , cor ou gênero apenas cometem crimes por prazer, com a certeza da impunidade , esses são apenas + 3 vermes que a nossa sociedade está cheia.
    BRUNO VIVE NO CORAÇÃO DE SEUS FAMILIARES E AMIGOS.

    ResponderExcluir

DEIXE SEU COMENTÁRIO. SUA VOZ É IMPORTANTE.