A Casa da Mariquinhas, cabaré regado a fado e poesia, reestreia em janeiro de 2018

#ComunicaTudo - Criado e mantido por Marcelo D'Amico desde 2008. Revista digital de comunicação, política, notícias, artes, entrevistas e mais.


O espetáculo musical A Casa da Mariquinhas - Um cabaré português com Poesia e Fado reestreia nodia 20 de janeiro (sábado, às 18 horas), no Botequim Contra Regra da Cia da Revista, onde permanece em cartaz até o dia 11 de março.

Tradicional estilo musical de Portugal, o fado dá o tom ao espetáculo que tem roteiro e concepção de Helder Mariani e direção de Dagoberto feliz.

No palco, os atores-cantores - Helder Mariani, Katia Naiane, Ricardo Arantes, e Silmara Deon -costuram poesias de autores expressivos da literatura portuguesa como Fernando Pessoa, Florbela Espanca, José Régio e Bocage aos fados que marcaram a cultura lusitana. Entre as músicas, “É Loucura”, “Só Nós Dois É que Sabemos”, “Perseguição”, “Casa Portuguesa”, “Grândola Vila Morena”, “Esquina de Rua”, “Maldição” e “Estranha Forma de Vida”, além da canção-título “A Casa da Mariquinhas”. Segundo o idealizador do espetáculo Helder Mariani, “são todas obras instigantes, carregadas de nostalgia e com grande apelo dramático e teatral”.

Os espectadores, sentados em mesas espalhadas pelo salão da Cia da Revista, são envolvidos pela atmosfera dos antigos cabarés, como nos ambientes chamados “fado vadio”, em que as pessoas cantavam e bebiam junto com os fadistas.

No passado, A Casa da Mariquinhas foi uma animada casa de raparigas, onde os frequentadores se encontravam para contar da vida e cantar o fado. A Casa foi leiloada e se tornou uma respeitável e discreta casa de penhor. Do antigo estabelecimento nada sobrou, nem mesmo as tabuinhas nas janelas para evitar os fuxicos.

O musical se desenvolve com base em canções interpretadas pelo fadista português Alfredo Marceneiro, criadas para retratar a história da Casa da Mariquinhas, então apresentada em três momentos: o apogeu com todo o glamour peculiar ao bordel, o duro momento em que a casa é leiloada e sua transformação em casa de penhor, tendo janelas de vidro no lugar das tábuas.

Na poesia e no fado se confundem as historias de Portugal, dos fadistas e das pessoas do povo. E nesse cabaré, os atores brasileiros, deste lado do Atlântico, se voltam para as terras lusitanas de além-mar e redescobrem as nossas próprias raízes e lutas, somadas às artimanhas do amor para aproximar a plateia do universo da cultura lusitana.

O espetáculo A Casa da Mariquinhas é um antigo projeto de Helder Mariani de reunir duas de suas paixões: poesia e fado. Segundo ele, a criação seguiu dois critérios: “o existencial, para ressaltar o caráter sentimental e nostálgico do fado com suas tragédias de vida, e a questão política, pois o fado é uma expressão artística relacionada diretamente à Revolução dos Cravos que derrubou o ditador Antônio de Oliveira Salazar, em 1974”, comenta.

Dagoberto Feliz explica que na ditadura portuguesa, enquanto alguns fadistas adaptavam letras, fazendo com que o governo de Salazar se apropriasse politicamente do fado, outros resistiram ao regime e mantiveram seu caráter contestatório e revolucionário. “Fato bastante semelhante ao que ocorreu na ditadura brasileira”, explica o diretor. Helder completa: “É inegável que o fado, ao registrar a história contemporânea de Portugal, passa também por nossa própria história”.

Para selecionar as canções que formariam A Casa da Mariquinhas houve pesquisa histórica em Portugal em busca não só das origens do estilo, mas também dos fados modernos com novos contornos que agregam outros discursos e novos elementos em sua estrutura, sofrendo, inclusive, influências de outros estilos musicais como o jazz, por exemplo. O mergulho nesse universo musical lusitano incluiu visita ao Museu do Fado, em Lisboa, que preserva a memória dessa expressão cultural e levanta discussão sobre a função do fado, na atualidade.

Ficha técnica / Serviço

Idealização e roteiro: Helder Mariani
Direção geral: Dagoberto Feliz
Elenco: Helder Mariani, Katia Naiane, Ricardo Arantes e Silmara Deon.
Ator stand in: Artur Volpi
Direção musical: Marco França
Desenho de luz: Matheus Macedo
Direção de arte: André Medeiros Martins
Identidade visual: Murilo Thaveira
Fotos: Rafael Sampaio
Realização: Cia. Da Palavra e Nossa Senhora da Produção
Espetáculo: A CASA DA MARIQUINHAS - Um cabaré português com Poesia e Fado
Reestreia: 20 de janeiro. Sábado, às 18h
Temporada: do de janeiro a 11 de março
Horários: sábados e domingos, às 18h
Local: Cia da Revista – Botequim Contra Regra
Endereço: Alameda Nothmann, nº 1135. Campos Elíseos. SP. Tel: (11) 3791-5200
Ingressos: R$ 50,00 (inteira) e R$ 25,00 (meia).
Bilheteria: 1h antes das sessões. Aceita cartões.
Gênero: Cabaré de fado. Classificação: 12 anos. Duração: 70 min.
Capacidade: 30 lugares. Acessibilidade. Ar condicionado.
Não haverá espetáculo nos dia 3 e 4 de fevereiro.
Vendas online: www.compreingressos.com - (11) 2122-4070



VOCÊ é muito importante para nós: queremos ouvir sua voz. Deixe um comentário após 'Related Posts'. Apoie o #ComunicaTudo: clique nas publicidades ou contribua. Saiba mais através do email marceloaugustodamico@gmail.com

COMMENTS

BLOGGER
Nome

Anna Poulain,8,Apoemático,19,APPs,16,Arte,15,Arte Digital,17,Artigos próprios,105,Artigos reproduzidos,286,Biografias,1,Cinema,11,Citações,20,coluna S I T T A,5,Consumidor,24,Contos,14,Crônicas,7,Cultura,14,Dados estatísticos,17,Depressão Comunica,11,Diálogos,1,Diego Pignones,44,Digital,1,Documentários,124,Educar,30,Ensaios,14,Entrevistas,44,Fabio Nogueira,20,featured,4,Fotografia,46,Games,3,HQ,16,In Memoriam,4,Informe,1,Jornais,27,Jornalismo Literário,7,Língua Inglesa,1,Língua Portuguesa,25,Literatura,42,Machismo,17,Memórias de minha janela,10,Mídia,1303,Música,113,nota,9,Nota.,223,Notificando,3,Outros Blogs,2,Pablo Pascual García,1,Pensamento e Comunicação,59,Pensamentos tupiniquins,196,Pintura,20,Poesia,40,Política Carioca,142,Política Internacional,342,Política Nacional,1026,Q tem pra V,97,Rádio/TV,30,Rapidinhas do Sr Comunica,29,Saúde,24,Teatro,37,Tetraplégicos Unidos,19,Tirinhas,4,Tupi Guarani Nheengatu,8,Viagem,17,Vídeos,55,Web,45,
ltr
item
COMUNICA TUDO: A Casa da Mariquinhas, cabaré regado a fado e poesia, reestreia em janeiro de 2018
A Casa da Mariquinhas, cabaré regado a fado e poesia, reestreia em janeiro de 2018
#ComunicaTudo - Criado e mantido por Marcelo D'Amico desde 2008. Revista digital de comunicação, política, notícias, artes, entrevistas e mais.
https://1.bp.blogspot.com/-YOUv12uBzYg/Wjz87gvYGNI/AAAAAAAAP-8/d_oaU3Ut9Jw8-LIuu9r66Yu2FDsZsBUuACK4BGAYYCw/s640/A%2BCasa%2Bda%2BMariquinhas%252C%2Bcabar%25C3%25A9%2Bregado%2Ba%2Bfado%2Be%2Bpoesia%252C%2Breestreia%2Bem%2Bjaneiro%2Bde%2B2018%2BCOMUNICA%2BTUDO%2B-foto%2Bde%2BRafael%2BSampaio%2B-b.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-YOUv12uBzYg/Wjz87gvYGNI/AAAAAAAAP-8/d_oaU3Ut9Jw8-LIuu9r66Yu2FDsZsBUuACK4BGAYYCw/s72-c/A%2BCasa%2Bda%2BMariquinhas%252C%2Bcabar%25C3%25A9%2Bregado%2Ba%2Bfado%2Be%2Bpoesia%252C%2Breestreia%2Bem%2Bjaneiro%2Bde%2B2018%2BCOMUNICA%2BTUDO%2B-foto%2Bde%2BRafael%2BSampaio%2B-b.jpg
COMUNICA TUDO
http://www.marcelodamico.com/2017/12/a-casa-da-mariquinhas-cabare-regado.html
http://www.marcelodamico.com/
http://www.marcelodamico.com/
http://www.marcelodamico.com/2017/12/a-casa-da-mariquinhas-cabare-regado.html
true
4187826622770269860
UTF-8
Loaded All Posts Not found any posts VIEW ALL Readmore Reply Cancel reply Delete By Home PAGES POSTS View All RECOMMENDED FOR YOU LABEL ARCHIVE SEARCH ALL POSTS Not found any post match with your request Back Home Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS CONTENT IS PREMIUM Please share to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy