Regime militar brasileiro: a cicatriz sempre continuará aberta

Texto de autoria de Fábio Nogueira - estudante de história da Universidade Castelo Branco e militante da Educafro. E-mail: historiadorfabioucb.49@outlook.com


Os ex-presidentes General Ernesto Geisel e General João Baptista Figueiredo, passaram a imagem de dois presidentes que reconduziriam o país à volta da democracia. De fato, entraram para os anais históricos como os últimos presidentes que reconduziram o país para a redemocratizaçãonas décadas de setenta e oitenta. Ao apagar das luzes, o general Geisel queria atenuar mais de uma década de ditadura militar. A política de distensão de seu governo mostraria que estava mesmo cumprindo a promessa de fazer a abertura lenta, gradual e limitada. O sinal claro da promessa do presidente Geisel, no compromisso, foi a extinção do Ato-institucional número 5 ou AI-5. Assim deixava aberto o caminho para João Baptista encerrar mais de vinte anos de regime militar.

Esses dois últimos presidentes militares perderam a oportunidade que tinham em seus históricos políticos.

O relatório da Agência de informações americanas (CIA) colocou por terra abaixo tudo o que não sabíamos desses mandatários. As mãos de ambos se sujaram de sangue, semelhantes aos antecessores. Foram cento e quatro mortos presos políticos que morreram com o aval de Geisel e Figueiredo. As justificativas foram a prevenção de surgimentos de novos focos de resistência contra o regime militar.

Em verdade, havia certas desconfianças da não utilização da força opressora no governo de Ernesto Geisel, o único caso que foi conhecido pelo público era o jornalista Vladimir Herzog e do metalúrgico Manuel Fiel Filho, em São Paulo. Publicamente o ex-presidente reconheceu que o uso da tortura foi errado e incorria de desonrar as forças armadas do Brasil.

Ainda há o que revelar do regime militar brasileiro. A lei da anistia não pune os militares, pena. Ao contrário de outros países da América do Sul, que vem abrindo os seus arquivos e revelando os horrores do porão. Ainda há quem acredite que na "Ditabranda" não ocorreram excessos e que os mortos eram vagabundos e a mortes desses eram necessárias.

Para os próximos anos os livros de histórias nos capítulos que mencionam os governos Geisel e Figueiredo, poderão incluir os lados sanguinários desses dois últimos presidentes.

A história é cruel para quem quer manipulá-la. A história não perdoa quem tenta por pá de cal para abafa-lá. Enquanto a verdade não for revelada, a história não se acalmará. O Brasil tem medo de vasculhar o passado para não debater o presente. O silêncio dos crimes do regime militar é esse medo do passado.


(Via Fábio Nogueira: estudante de história da Universidade Castelo Branco e militante da Educafro historiadorfabioucb.49@outlook.com)

VOCÊ é muito importante para nós: queremos ouvir sua voz. Deixe um comentário após 'Related Posts'. Apoie o #ComunicaTudo: clique nas publicidades ou contribua. Saiba mais através do email marceloaugustodamico@gmail.com

COMMENTS

BLOGGER
Nome

Anna Poulain,8,Apoemático,19,APPs,16,Arte,15,Arte Digital,17,Artigos próprios,105,Artigos reproduzidos,286,Biografias,1,Cinema,11,Citações,20,coluna S I T T A,5,Consumidor,24,Contos,14,Crônicas,7,Cultura,14,Dados estatísticos,17,Depressão Comunica,11,Diálogos,1,Diego Pignones,44,Digital,1,Documentários,124,Educar,30,Ensaios,14,Entrevistas,44,Fabio Nogueira,18,featured,4,Fotografia,45,Games,3,HQ,16,In Memoriam,4,Informe,1,Jornais,26,Jornalismo Literário,7,Língua Inglesa,1,Língua Portuguesa,25,Literatura,41,Machismo,17,Memórias de minha janela,10,Mídia,1303,Música,112,nota,9,Nota.,223,Notificando,3,Outros Blogs,2,Pablo Pascual García,1,Pensamento e Comunicação,57,Pensamentos tupiniquins,196,Pintura,20,Poesia,40,Política Carioca,141,Política Internacional,341,Política Nacional,1024,Q tem pra V,97,Rádio/TV,29,Rapidinhas do Sr Comunica,29,Saúde,24,Teatro,37,Tetraplégicos Unidos,17,Tirinhas,4,Tupi Guarani Nheengatu,8,Viagem,17,Vídeos,54,Web,45,
ltr
item
COMUNICA TUDO: Regime militar brasileiro: a cicatriz sempre continuará aberta
Regime militar brasileiro: a cicatriz sempre continuará aberta
Texto de autoria de Fábio Nogueira - estudante de história da Universidade Castelo Branco e militante da Educafro. E-mail: historiadorfabioucb.49@outlook.com
https://3.bp.blogspot.com/-E3iqQbkZ4EM/Ww3oa58cydI/AAAAAAAARb4/b7z6qPmZ0f05vVeAwAyT1XfSOJw94wugQCK4BGAYYCw/s640/Regime%2Bmilitar%2Bbrasileiro%2Ba%2Bcicatriz%2Bsempre%2Bcontinuar%25C3%25A1%2Baberta%2BCOMUNICA%2BTUDO.jpg
https://3.bp.blogspot.com/-E3iqQbkZ4EM/Ww3oa58cydI/AAAAAAAARb4/b7z6qPmZ0f05vVeAwAyT1XfSOJw94wugQCK4BGAYYCw/s72-c/Regime%2Bmilitar%2Bbrasileiro%2Ba%2Bcicatriz%2Bsempre%2Bcontinuar%25C3%25A1%2Baberta%2BCOMUNICA%2BTUDO.jpg
COMUNICA TUDO
http://www.marcelodamico.com/2018/05/regime-militar-brasileiro-cicatriz.html
http://www.marcelodamico.com/
http://www.marcelodamico.com/
http://www.marcelodamico.com/2018/05/regime-militar-brasileiro-cicatriz.html
true
4187826622770269860
UTF-8
Loaded All Posts Not found any posts VIEW ALL Readmore Reply Cancel reply Delete By Home PAGES POSTS View All RECOMMENDED FOR YOU LABEL ARCHIVE SEARCH ALL POSTS Not found any post match with your request Back Home Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS CONTENT IS PREMIUM Please share to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy